quarta-feira, 2 de julho de 2008

FELICIDADE REALISTA - DE MÁRIO QUINTANA

A princípio bastaria ter saúde, dinheiro e amor, o que já é um pacote louvável, mas nossos desejos são ainda mais complexos. Não basta que a gente esteja sem febre: queremos, além de saúde, ser magérrimos, sarados, irresistíveis. Dinheiro? Não basta o termos para pagar o aluguel, a comida e o cinema; queremos a piscina olímpica e uma temporada num spa cinco estrelas. E quanto ao amor? Ah, o amor... Não basta termos alguém com quem podemos conversar, dividir uma pizza e fazer sexo de vez em quando. Isso épensar pequeno: queremos AMOR, todinho maiúsculo. Queremos estar visceralmente apaixonados, queremos ser surpreendidos por declarações e presentes inesperados, queremos jantar a luz de velas de segunda a domingo, queremos sexo selvagem e diário, queremos ser felizes assim e não de outro jeito. É o que dá ver tanta televisão. Simplesmente esquecemos de tentar ser felizes de uma forma mais realista. Ter um parceiro constante pode ou não ser sinônimo de felicidade. Você pode ser feliz solteiro, feliz com uns romances ocasionais, feliz com um parceiro, feliz sem nenhum. Não existe amor minúsculo, principalmente quando se trata de amor-próprio. Dinheiro é uma benção. Quem tem, precisa aproveitá-lo, gastá-lo,usufruí-lo. Não perder tempo juntando, juntando, juntando. Apenas o suficiente para se sentir seguro, mas não aprisionado. E se a gente tem pouco, é com este pouco que vai tentar segurar a onda, buscando coisas que saiam de graça,como um pouco de humor, um pouco de fé e um pouco de criatividade. Ser feliz de uma forma realista é fazer o possível e aceitar o improvável. Fazer exercícios sem almejar passarelas, trabalhar sem almejar o estrelato, amar sem almejar o eterno. Olhe para o relógio: hora de acordar. É importante pensar-se ao extremo, buscar lá dentro o que nos mobiliza, instiga e conduz, mas sem exigir-se desumanamente. A vida não é um jogo onde só quem testa seus limites é que leva o prêmio.Não sejamos vítimas ingênuas desta tal competitividade. Se a meta está alta demais, reduza-a. Se você não está de acordo com as regras, demita-se. Invente seu próprio jogo. Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade. Ela transmite paz e não sentimentos fortes, que nos atormenta e provoca inquietude no nosso coração. Isso pode ser alegria, paixão, entusiasmo, mas não felicidade.

33 Comments:

  1. Jana Moraes said...
    Precisamos ser feliz a qualquer custo..
    Esses dias me peguei andando na rua, ouvindo meu mp3 e dançando.
    Fechei os olhos e imaginei que eu estava ali, sozinha...
    Quando abri os olhos tinha umas tres pessoas rindo...
    Parei e perguntei se elas nunca se sentiram feliz de verdade.
    Me chamaram de louca...

    Passa na Maçã

    Você não vai se arrepender.

    http://macacomlimao.blogspot.com
    Conquistadores (Didixy) said...
    O ser humano nunca está contente com o que tem. Sempre tem mais. Eu tento ser feliz com o que tenho, poucos tentam isso. A maioria percebe que quer a felicida quando estão no leito do morte e ai já é tarde. Por isso sempre digo, faça tudo com amor, não pense em fazer as coisas por algo em troca.
    Fernando Gomes said...
    Já conhecia esse texto.
    Simplesmente sensacional.
    PEnso que o Mário Quintana tem um senso interessante de realidade.
    Gosto muito do que ele escreve.

    http://www.andisaidgoddamn.blogspot.com/
    Paulão Fardadão Cheio de Bala said...
    Tenho uma teoria: simplicidade mata. Tipo... vc escreve bem, e é bom encontrar blogs como o seu. Mas no tema em questão, discordamos.
    Victória D. said...
    Me ganhou pelo "Palavras ao vento". Isso é tão nostálgico. E aquele fim "não é felicidade", é tão verdade. É tão sincero e ao mesmo tempo utópico. Adorei. Parabéns.

    Abraços.
    Rafael said...
    Se você alcança a felicidade, não há mais problemas. O problema é justamente alcançá-la.

    =)
    Marília Chaves. said...
    adoro mario quintana! :D
    parabéns pelo blog ;*
    O Fênix said...
    Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade.

    nao ha nada mais oq dizer, demais, pura verdade

    http://terradafenix.blogspot.com/
    Edu França said...
    Conhecia o texto, o grande valor do Mario é a dissecação dos sentimentos, ele coloca tudo de modo claro e sai fazendo distinção, dando os devidos nomes as devidas coisas, isso é pensar claro! Adoro o Quintana, e quem não gosta?
    Mayna Nabuco said...
    Respondendo ao Paulão - Concordo que possamos descordar do tema em questão, mas nesse caso não foi eu quem escrevi essa crônica, e sim Mário Quintana.
    Dan Monte said...
    Mario Quintana escreve muito bem....

    muito bem mesmo

    a felicidade eh tão buscada e tão relativa....

    nao existe uma formula pronta pra felicidade,

    eu acho que é isso que a faz ser tão almejada
    Grupo Saber Viver said...
    Mário Quntana é simpesmente fantástico, seu blog esta muito bom cheio de conteúdo, um tapa na superficialidade. Parabéns.
    http://gruposaberviver.blogspot.com/
    Prii Persi said...
    Mario Quintana, um mestre!

    Ser feliz não anda tão simples.
    Eu por exemplo... me sinto feliz quando chego em casa depois de um dia exaustivo na faculdade, depois de metrô lotado, depois de filas e afins e... tomo um banho quente e divido uma pizza portuquesa com minha família.

    Me sinto realizade, esqueço todos os poréns do dia.

    Tão simples!

    Beijos e sorte!
    molly said...
    Seus textos são legais, mas o blog está um pouco visualmente confuso, tem mtas coisas !!
    Bjs e bom final de semana
    Pequeno Homen! said...
    Fala aew seu blog tá maneiro vlw até^^
    http://evolucao-money.blogspot.com/
    Pequeno Homen! said...
    OI Vlw msm pela visita no meu blog tá!
    até^^
    http://evolucao-money.blogspot.com/
    Thais said...
    sempre adorei M.Quintana
    ele é ótimo
    Sandro Serikawa Soares said...
    orra que felicidade hein
    hsahusauhsauhsa
    visita o meu
    http://sandrossoares89.blogspot.com/
    Sandro Serikawa Soares said...
    orra que felicidade hein
    hsahusauhsauhsa
    visita o meu
    http://sandrossoares89.blogspot.com/
    Ane said...
    Esse texto é maravilhoso!! Adoro Mário Quintana!!
    As pessoas só conseguem desfrutar da felicidade no momento que param de pensar nela, param de tentar buscá-la...

    Tenho um texto no meu blog sobre a felicidade. Visite-o!! ;)
    http:coisasdavidaa.blogspot.com/

    Abraços e parabéns pelo seu blog.
    Rômulo said...
    realmente.. toca no fundo da alma a crônica... faz a gente pensar... :'(
    NerdMan! said...
    Muito bonito esse texto, sempre gostei destes textos do quitana ^^
    Fábio Buchecha said...
    Por que todo mundo vive nessa neura de encontrar a felicidade?

    Aff...

    ___________________________________
    TemPraQuemQuer
    ViNícULa said...
    gostei do blog
    parabéns pelo texto
    você escreve bem
    hahahahhahahahahahaha


    agora
    não deixa de ser natural essa insatisfação do ser humano com a vida, com o amor, com tudo e com todos

    somos insatisfeitos por natureza

    não há como mudar isso

    é só amenizar os efeitos que essa "falta", mesmo que se tenha todo o necessário

    amenizar

    e se possível
    esquecer que queremos mais do que temos

    adicionei o teu blog nos meus favoritos do blog
    Google said...
    Temos que sempre estar conquistando.. Quanto mais conquistas na vida mais a gente se sente motivado para realizar mais e mais sonhos.
    Fabio C. martins said...
    A felicidade não se compra, não se vende e não está em riquezas materiais, muito menos nos outros. Olhar para alguém e ver que a pessoa é feliz, é ter um pensamento simplista.

    Ser feliz é ESTAR... é constantemente se ver feliz, buscar a alegria... o resto a gente corre atrás.

    Beijos e bom final de semana
    _________
    Folhetim On Line
    Lidi said...
    Nossa, conheço esse texto já há um bom tempo e sempre que o releio me impressiono com seu conteúdo. Fazer o possível e aceitar o improvável não é uma tarefa fácil para a maioria de nós, mas é um começo, um bom começo para tornar real aquilo que conhecemos por felicidade.
    Beijão
    Mateus said...
    Estamos sempre atrás da felicidade.
    Quintana soubre representar isso muito bem.
    Espero que um dia possa encontrar a minha, não sei exatamente aonde.

    http://greatdj.wordpress.com/
    Pequeno Homen! said...
    Fala aew seu blog tá maneiro vlw até^^
    http://evolucao-money.blogspot.com/
    Anônimo said...
    O teu comentário chegou, obrigada.
    Já ando escaldada com tantos calotes.
    Boa idéia recorda o Quintana.
    Ele era um homem muito só.
    Morreu solteiro, uma sobrinha cuidava dele, já em idade avançada e doente.

    Não sei se foi um homem feliz, mas que escevia bem, ah, isso sim.

    Beijos
    Fada

    http://fadasafada.blogspot.com/
    Portifólio Online Natália Dalbem said...
    Lindo amoreee
    ameiiii
    ww.complexodegolggi.blogspot.com
    bjo
    Jhony said...
    Viva Viva M.Q.

    A felicidade está em cada um de nós!
    té mais!

    http://jhonyfreitas.wordpress.com
    said...
    Viva Quintana.
    Tem como discutir com ele?
    Se ele diz que a felicidade está logo ali, é só dar uns passos e encontra-la....

Post a Comment




Free Blog Templates