segunda-feira, 9 de junho de 2008

Navegando pela net encontrei essa poesia. Quem o escreveu foi uma menina chamada Niedjha.






Será que realmente amo-te?

Ou será que estou apenas confusa?

Quero você ao meu lado, mas tenho tanto medo...

Medo de me enganar, de sofrer

Medo de te machucar...
Esse sentimento é tão intenso, tão novo, tão contraditório...

Me faz querer estar sempre ao seu lado, ao mesmo tempo em que desejo jamais ter te conhecido...

Me sinto tão vazia sem você...
O que será isso?

Será realmente amor?

Paixão?

Desejo?

Ou apenas mais um capricho de uma garota confusa?

13 Comments:

  1. Euzer Lopes said...
    Isto certamente é o mais profundo desejo de alguém que quer se entregar à felicidade mas teme cair de cara nos espinhos.
    Lembre-se que uma rosa não tem sentido de ser tão bela se não estiver sobre um caule cheio de espinhos.
    Carolina said...
    Acho que todo mundo já se sentiu assim na vida. Estar apaixonado ou amando... as vezes acho que isso vai além da capacidade humana de compreender esses sentimentos.
    Nana said...
    Bom, a primeira impressão forte foi da foto, mas você quer que comente o texto.

    Eu ando lendo alguns textos sobre amor, de um ponto de vista meio científico, além de gostar mais de prosa que poesia, então eu li este texto sem a paixão necessária, só imaginando como os dois se conheceram, o que aconteceu...

    Mas gostei da última frase, me bateu meio com força, identifiquei com o que eu estou vivendo...
    Rafael said...
    O amor é um sentimento confuso por si só!

    =)
    Ana Lucia said...
    Querida Mayna, desencana, o que vale é curtir o sentimento gostoso que invade o coração independente de qual o seja, viva o momento enquanto for bom!
    Tom CoyoT said...
    "Parabéns pelo blog", "Você escreve bem, bom texto!"," layout interresante"
    hahahhaa


    Na verdade o amor é um cuarto escuro, onde vc essta com os olhos vendados.
    não da pra saber nada. de ninguem, gracas a deus.
    só o tempo nos dira a dimenssão de nossas angustias....
    Conquistadores (Didixy) said...
    As vezes o amor faz isso com a gente. Nos deixa confuso. Precisamos sim dessa pessoa por perto para isso ir embora. Isso é sim sombras de dúvida a única solução.
    Leandro Cardoso said...
    Muito boa a poesia, eu escrevi muitas, mas não gostaria de divulgalas.Nem sei porque.
    nesse poema vo decreveu muito bem o fervor de uma paixão.Como um dia eu ja me senti
    Boa noite
    abutre236 said...
    Se você está confusa é por não estar realmente amando tal pessoa. Não sou um expert, mas quando se ama alguém, ficamos loucos, não confusos.

    Eu acho... sei lá...

    agora eu fiquei confuso.
    jaquelineguterres said...
    a ultima frase eh da hora!

    eu escrevo alguns poemas, as vezes ateh algumas musicas, ms ñ posto, sei lá, ñ me sinto a vontade...

    http://s2simpleplanjg.skyrock.com/
    Maiara Maria said...
    Não quero ser chata, mas não gostei do poema. E, analisando literariamente, o título não é bom: é longo e bem clichê.

    Eu prefiro quando você escreve.
    Thiago Ferreira said...
    Não só a garotas, já me senti assim tbm
    Gelsa Mara said...
    Apesar dos meus 7 anos de relacionamento ainda me sinto assim em alguns momentos. Não sei se to fazendo a coisa certa, se vou agradar, se amo, se estou apaixonada. Uma verdadeira confusão, mas de uma coisa tenho certeza, me sinto completamente vazia e sozinha qdo estou longe dele...

Post a Comment




Free Blog Templates