terça-feira, 8 de janeiro de 2008

BORDADO DA VIDA


A minha vida é correr.
Ainda não sei ao certo atrás de que.
Talvez atrás de mim mesma.
Tentando encontrar o meu próprio "eu".
Tecendo o meu próprio caminho.
Bordando a mim mesma.
Às vezes sou presa fácil, mas também posso me tornar uma caçadora infalível.
Algumas vezes cheguei a parar.
Parava para pensar porque sempre era a primeira a correr.
Mas nunca parei para pensar para onde e o por quê.
Eu só sabia correr...
Me tornei uma corredora incansável!
Sempre passando por lugares onde nunca estive e nem pensei em passar.
Conheci pessoas incríveis e tive desejos nunca idealizados.
Mas eu estava lá!
Incansavelmente sempre a procurar.
O que?
Ainda não sei!
Continuo a correr, ainda não sei para onde e nem sei o por que.
Enquanto corro, continuo tecendo o maior dos bordados.
Bordo a mim mesma.
Se me encontrei?
Ainda não sei.
Mas continuo a correr...

3 Comments:

  1. Mariana said...
    Que coincidência!
    De uns tempos para cá tenho pensado em escrever algo com essa história do bordado, nessa mesmíssima linha que vc colocou. É isso mesmo. A vida é uma corrida, não adianta bordar o quadro ideal, ele sempre mudará.
    Beijocas
    Falando de Vida said...
    Você anda bastante inspirada mesmo
    Talvez eu poste algo novo na quinta-feira
    Rafael Ramos said...
    Saudade...
    Só nós para termos palavra tão linda assim

Post a Comment




Free Blog Templates